O ‘’É TARDE DEMAIS’’ NÃO EXISTE

207

Nesses últimos tempos, diga-se, século XXI, vivemos literalmente numa vida louca onde o tempo parece que urge e que tudo acontece assim, como se fosse no balançar de uma varinha com poderes sobrenaturais e que num passe de mágica que faz, PLIM-PLIM, e acontece.. São os anos, meses e dias que tenho a estranha sensação de que voam, tipo o ano de 2019, que praticamente passou com uma celeridade fora normal. E realmente assim é, as coisas passam e a gente nem as vê. Às vezes o passar do tempo até é bom, mas em outros casos nem tanto é. Essa ligeirice não é boa quando a gente percebe que deixou algumas coisas para trás, as importantes, é claro. Mas bom quando estamos num ciclo ruim, por exemplo, e logo este passa e migramos para um outro melhor.

Acontece que também, nessa era tecnológica em que vivemos, onde tudo pode ser resolvido por meio de um smartphone, um e-mail ou um computador, contribui para que o tempo seja fulgaz, é inevitável e tem lá as suas vantagens. Mas como tudo na vida tem o ônus e o bônus, às vezes, toda essa tecnologia pode nos distanciar da ‘’real life’’ e nos remeter a um mundo que não é real. As relações interpessoais tornam-se frias e as interações pessoa x pessoa quase beira a extinção. Quem nunca se viu numa roda de amigos e quando tira os olhos do celular constata que cada um se encontra na sua bolha particular? Eu mesmo faço isso, e quem nunca né?

Se tivéssemos a ciência de que a vida não para e que ela passa tão rápido, não deixaríamos tanta coisa pra depois. Não adiaríamos o que desejamos fazer, não perderíamos tempo com falsas ilusões, ou com preocupações exacerbadas sobre o amanhã. Não existe nada mais nocivo do que esse calvário e inquietude com o porvindouro, porque ele literalmente acaba com o nosso presente, e é esse momento presente que vai, lá adiante, ser o nosso futuro.

Hoje talvez pode não ser o dia mais apropriado pra pensarmos em algo ou realizar um objetivo, mas amanhã também não vai ser tarde demais. Assim como existe o hoje, o amanhã também há, e podemos sim realizar o que não conseguimos fazer hoje no dia vindouro, ou meses, ou anos. Pode ser que não ocorra e nem aconteça da forma como planejamos, mas estamos em constante transformação e as coisas precisam de tempo e novas cores também.

O ‘’é tarde demais’’ existe quando deixamos de viver o presente preocupados com o amanhã, ele existe quando deixamos pra dizer um eu te amo ou mostrar o quanto alguém é importante a nós pra depois, quando deixamos de aproveitar a vida ao lado das pessoas que amamos e que nos amam também. Quando deixamos de viver preocupados e se policiando com medo do que os outros vão pensar.

Ter medo é normal, normal não é quando deixamos esse medo nos impedir de viver e fazer aquilo que temos vontade.

Nunca é tarde pra tentarmos seja lá o que for, nunca é tarde pra nada nessa vida. Tarde demais é ‘’não viver o hoje como se não houvesse o amanhã’’. Tarde demais é quando a gente deixa de dizer EU TE AMO pra depois, quando esquecemos de agradecer aqueles que um dia nos estenderam mão ou dizer o quanto alguém é importante pra nós.

O nosso poder está no HOJE, tudo o que podemos fazer só pode ser hoje, porque talvez o amanhã possa não existir.