DE REPENTE 30

52

Acho que é natural a gente dar uma ‘’bugada’’ quando completa uma certa idade, sobretudo quando se trata de uma idade digamos que, marcante. Tipo, fazer 15 anos, 18, 30, 40. No meu caso, quando fiz 30 anos confesso que foi um tanto assustador (não sei se seria essa a definição certa), surpreendente talvez, sei lá. Foi estranho porque parecia que há pouco eu havia feito 18 anos, parecia que tinha sido ontem. Na realidade o que assusta é a velocidade com que o tempo passa e é nessas horas que a gente vê que, realmente, o relógio da vida não para. E não para mesmo. Por isso a gente tem que viver, viver de verdade, agarrar a vida e o que ela nos proporciona com força e lutar, lutar com garra contra qualquer coisa que tente deixar os nossos dias mais difíceis e menos coloridos.

A vida que eu vivo é a vida real, assim como os sentimentos que sinto, assim como a pessoa que me tornei ao longo desses 30 e alguns aninhos. Fácil não foi, porque várias foram as vezes em que a vida me pegou de surpresa. Várias foram as vezes em que a vida mudou os meus planos e os tirou da minha rota. Assim como as pessoas que de mim ela tirou. E confesso que demorou trinta e poucos anos pra eu aprender que não temos domínio nenhum sobre a vida, digo isso no sentido de que não temos o poder de mudar aquilo que é pra ser. Nós temos o domínio do que fazemos da nossa própria vida no sentido do que fazemos dela, do que somos enquanto pessoa e ser humano. No mais, quem comanda tudo é o cara lá de cima, e o nosso destino. E eu acredito que tudo já está previamente meio que, ‘’definido’’ pra nós, e esse pensamento trago comigo desde que comecei perceber o mundo, porque no final tudo se encaixa.

Mas o mais importante é que, apesar de todas as guinadas que tive ao longo dessa vida e de todas os degraus que precisei subir, e dos obstáculos que precisei desviar, eu estou aqui. Meio esfolado, ralado, MAS EU ESTOU AQUI. E agradeço todos os dias por cada momento, cada amanhecer e cada oportunidade que a vida e Deus me proporcionou, e me proporcionam. Sou grato por tudo, absolutamente tudo. Sou grato por eu ter saúde, por eu ter pessoas maravilhosas na minha vida, sou grato por todas as gargalhadas e pelas coisas que vivo e já vivi.

Sempre teremos períodos ruins ou desafios a vencer, mas essa é a oportunidade que a vida nos dá para aprendermos coisas novas e crescermos enquanto pessoa. Tudo na vida tem um lado positivo, e ser grato faz parte de encontrar este lado e o ressaltar perante o negativo. Agradecer o banho quente que esquenta o nosso corpo nos dias frios, e o café que nos dá energia pra enfrentar o dia. Agradecer o trabalho que nos possibilita sermos úteis e termos o nosso sustento. Agradecer às pessoas boas que encontramos pela frente e até as mal-humoradas, que nos mostram como é ruim ser negativo. Sejamos gratos pelo sol que aquece o nosso corpo e até a chuva que nos dá água, e alimenta a nossa natureza.

‘’ A gratidão mostra que a vida é um constante aprendizado e que olhar para o lado bom é sempre mais recompensador. ’’

Nesse dia 3 de dezembro, dia do meu aniversário, eu quero apenas agradecer. Agradecer a Deus, a vida, ao universo, a espiritualidade e a fé que me movem, a minha família, os meus amigos e todos aqueles que fazem parte da minha vida e do meu cotidiano. Vocês são as cores do meu dia e da minha vida, o combustível que me move e que me faz sentir e ver o quanto a vida é maravilhosa.

A vocês, o meu MUITO obrigado.