Orgulho do Brasil?

65

O Brasil é um país extremamente desigual. Milhares de pessoas vivem abaixo da linha da pobreza. Em pleno século XXI, ainda não superamos o racismo. Assistimos estarrecidos a crimes ambientais e à degradação da natureza. Há crianças sem acesso à escola e criminalidade descontrolada em grandes cidades. Minorias são desrespeitadas, mulheres são alvo fácil de discriminação e violência. Nossa democracia é jovem, e muitas vezes parece que está em risco. Temos um sistema tributário complexo e instável, juros altos e uma burocracia enorme que atrapalha investimentos e dificulta a vida de quem quer empreender.

Vivemos em um país continental que consegue unir sua população com a mesma língua e com uma cultura rica que, mesmo em suas diferenças, nos faz sentir pertencentes à mesma nação. O Brasil tem o maior e mais inclusivo sistema de saúde pública do mundo, o SUS. Não há nenhuma experiência parecida num país com população semelhante à nossa. O sistema eleitoral brasileiro é mais ágil e seguro que o da maioria dos outros países.

Temos aqui algumas das empresas mais lucrativas, inovadoras e eficientes do planeta. Para ficar em apenas três exemplos: é daqui a Klabin, produtora e exportadora de papéis, empresa com menor custo mundial de produção, com projeto de manejo ambiental e proteção à fauna silvestre reconhecido internacionalmente. Temos a Marcopolo, maior fabricante de carrocerias para ônibus do mundo, que durante a pandemia criou um sistema inovador de desinfecção de veículos em tempo recorde. Temos a WEG, multinacional brasileira de equipamentos eletroeletrônicos, atuando em 36 países, mundialmente reconhecida por sua capacidade de inovação e lucratividade crescente e consistente.

Os dois parágrafos anteriores contêm informações verdadeiras. São duas formas de contar a mesma história. Podemos optar pela narrativa do sucesso ou do fracasso. Enfatizar o que dá certo não significa ignorarmos nossos pontos fracos, as injustiças sociais ou os problemas políticos e econômicos que enfrentamos. Significa deslocar o olhar do problema para a solução, e tentar encontrar nos exemplos de sucesso a força e a inspiração para transformar o que não funciona e superar nossos problemas.

Tatiana François Motta, economista e empresária.