Você quer ser alguém ou qualquer um?

45

Com relação ao que fazer com a existencial pessoal, a vida é tão abundantemente generosa que ela brinda múltiplas escolhas, assim como liberdade, para que cada pessoa selecione qual caminho ela quer seguir.

No entanto, se você aproxima a lente de observação, é possível observar que todas as opções, todas as possibilidades e todos os inspiradores caminhos podem ser categorizados em duas claras e distintas classificações, isto é, ou você é alguém ou você é qualquer um.

E, depois de concordar com esta análise, é crucial entender que tão sutil e importante predileção influenciará cada pensamento, cada ação e cada conquista da sua vida.

Mesmo assim, se você deseja ser qualquer um, apenas desvencilhe-se de seu livre-arbítrio e junte-se as massas, misture-se com o mediano, com o ordinário, e deixe-os lhe atirar para cima e para baixo, para frente e para e para trás, para todos os lados, enquanto você faz qualquer coisa que eles demandem, as quais dependem do ânimo predominante no momento.

Por outro lado, se você deseja ser alguém, é importante estar acima do populacho e, para isto, você precisa escolher a senda menos caminhada, o caminho menos percorrido e, durante ele, saiba que você enfrentará desafios imprevisíveis e jamais visto, mesmo assim, é importante manter-se firme, inabalável e persistir sempre.

Independente disto, a parte mais interessante destas escolhas é o fato de que, ao contrário do que a maioria das pessoas acredita, ser qualquer um não é tão fácil quanto você imagina visto que esta opção vem acompanhada de terríveis consequências, como por exemplo, uma constante sensação de insatisfação, um persistente e doloroso sentimento de ser mandado pelos outros a todo momento, os quais levam à uma baixa autoestima, um inferior autorrespeito e uma insignificante autoconfiança. Pessoalmente, devido às razões citadas, eu chamo esta escolha de “Suicídio Silencioso”, pois conduz a uma continua a malévola destruição da sublime energia do viver.

Em contrapartida, ser alguém não é tão árduo quanto você pensa porque, apesar dos desafios, dos possíveis tropeços e dos obstáculos, no processo você está continuamente preenchendo sua essência com uma extraordinária autossatisfação, com arrebatadoras ondas de auto-empoderamento e, acima de tudo, você está inexoravelmente nutrindo sua autoestima, seu amor-próprio e sua autoconfiança, os quais são admiráveis alavancas que o catapultam para pontos mais altos, mais nobres e mais inspiradores. Esta escolha eu chamo de Iluminação Natural, pois segue seu curso em concordância que a magia do viver.

Finalmente, uma vez que você entenda estes pontos sutis, é inevitável concluir que a vida, em toda a sua exuberância, lhe deu apenas uma opção, a qual é ser alguém, ser único, ser uma fonte de luz e uma vertente de inspiração. Mesmo assim, a liberdade de escolha é completamente sua. Então, o que você deseja ser?. Alguém ou Qualquer Um.