Governo do Amazonas confirma instalação de Entreposto de Manaus em São Borja

34

Mais um importante avanço para o desenvolvimento econômico e logístico de São Borja foi anunciado pelo Prefeito Eduardo Bonotto nesta segunda-feira (27/05). Durante reunião com representantes da Câmara de Vereadores, despachantes aduaneiros e entidades representativas, Bonotto confirmou a instalação de um entreposto da Zona Franca de Manaus em São Borja, conforme ata de declaração divulgada pelo Governo do Estado do Amazonas, informando como vencedora do processo de licitação, a empresa Ponta Negra Logística.

Durante reunião com autoridades, Bonotto explanou sobre a importância da conquista, “é um marco para o desenvolvimento sendo concretizado. O entreposto em São Borja foi uma semente que plantamos e de forma coletiva viemos regando e buscando trabalhar para tornar realidade. Representa mais desenvolvimento, geração de emprego, renda e oportunidades. São empresas que terão serviços vinculados à nossa Plataforma Logística”, afirma.

O documento divulgado pelo Governo do Amazonas prevê, pelo prazo de 120 meses, a contratação de empresa especializada para a prestação de serviços públicos de instalação e armazenagem de mercadorias oriundas de estabelecimentos industriais localizados na zona franca de Manaus. A Empresa Ponta Negra Logística que já possui projetos de outros investimentos em São Borja, será responsável pela atuação no local, com o intuito de escoamento da produção industrial da Zona Franca de Manaus, otimizando a logística e reduzindo os custos de transporte. A expectativa é também, de atrair empresas de diversos setores, contribuindo para a diversificação econômica de São Borja.

“O encaminhamento agora é para que o quanto antes, seja assinado o contrato e dado início às obras, que tem como previsão a construção de um armazém de 2 ha. em 90 dias. Assim como os demais empreendimentos que se instalam na Plataforma Logística, a Zona Franca de Manaus vem para fomentar e valorizar ainda mais os potenciais logísticos e de negócios do nosso município, visto por nós como o coração do Mercosul. Seguimos acreditando em São Borja e contribuindo para que cada vez mais, possamos avançar e ver nossa amada terra crescer e se desenvolver, gerando oportunidades para a nossa gente”, afirma.

Texto e imagem: DECOM PMSB