Talentos Individuais

176

Quando uma pessoa reconhece que possui certos talentos, a validação da existência de tais potenciais é independente de comentários externos, tanto na sua confirmação quanto na sua negação, ou seja, se uma menina acredita irrecusavelmente ser uma fascinante bailarina, isto significa que a percepção pessoal sobre o reconhecimento de tal dádiva é desconectada de palavras externa, assim como um menino que acredita ser um grande escritor, ou qualquer outra pessoa que possua capacidades aprimoradas, sejam elas intelectuais, emocionais, físicas, artísticas, sociais ou espirituais.

Em outras palavras, se a pessoa naturalmente sente que ela é ótima, sua cognição permanece intocável, pois ela tem certeza sobre o seu dom.

Estar ciente deste reconhecimento, assim como de partes que necessitam ser aprimoradas para refinar ainda mais os talentos, é o processo primordial para a plena manifestação dos desejos individuais.
Além disso, não basta somente ter o talento, é importante adicionar uma intensa e ativa prática para que a pessoa possa transformar todos os seus objetivos em realidade e, durante tão bela jornada, também elevar-se holisticamente como ser humano.

Este é um necessário exercício na vida de cada indivíduo, tão importante e relevante quanto o respirar, ou melhor, talvez ainda mais importante que o respirar, pois a respiração é um ato mecânico, enquanto que o reconhecimento, a validação e o fortalecimento dos dons são um processo baseado na vontade individual.

Finalmente, guarde no âmago de vossa essência que, reconhecer, validar e aprimorar as dádivas e os talentos pessoais é um dos mais estimulantes, reveladores e vitoriosos atos que um ser humano pode realizar, pois de sua disciplinada e persistente aplicação emanam os saborosos frutos da autossatisfação, da glória e da fortuna que cada indivíduo possui o dever de colher da sublime árvore da vida. (Tadany – 02 02 12)

Escute a versão áudio neste link www.youtube.com/watch?v=rAwUTb6PWRU&index=26&list=PL5TdUsHlc8pPNSXBXWJxumsufjBTfG7fD