Pessoas físicas e jurídicas podem destinar parte do Imposto de Renda para programas sociais do município

8

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) e o Conselho Municipal do Idoso em São Borja estão seguem com a campanha para que pessoas físicas e jurídicas façam destinação de parte do Imposto de Renda referente a 2021 para programas sociais, disponíveis em dois setores do município.

As destinações devem ser confirmadas através das declarações do IR que vão ser entregues este ano. As pessoas físicas podem direcionar até 3% do imposto devido (declaração pelo modelo completo). Em São Borja, além dos dois conselhos, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social também está mobilizada para que sejam feitas destinações.

Locais como Casa de Acolhida, CRAS, CREAS, Apae e Centro de Formação Tereza Verzeri estão entre as instituições que podem ser auxiliadas no que se refere a crianças e adolescentes. Para assistência aos idosos, as entidades que podem receber recursos são o Centro Dia do Idoso e o Asilo São Vicente de Paula.

Se a instituição não estiver habilitada, o dinheiro vai para o fundo municipal do setor. Em São Borja e no Rio Grande do Sul cerca de apenas 10% das doações efetivamente se concretizam. Na prática, a pessoa física ou jurídica vai direcionar para instituições que cuidam de crianças e idosos uma parcela de um recurso que, de qualquer modo, terá de desembolsar para a Receita Federal.

O prazo final para entrega da Declaração do Imposto de Renda foi prorrogado até o dia 31 de maio. Em caso de dúvidas, podem ser contatados os telefones 3431-9993 e 3430-4035.