São Borja prepara implementação de mais um projeto: cicloturismo

22
Foto: Reprodução/Internet

São Borja tem reconhecido destaque nacional por seus vultos históricos e suas referências artístico-culturais. Mas, além destes, tem outros potenciais e apelos turísticos como as suas ricas referências naturais e materiais. É por isso que está sendo preparado, para implementação, mais um projeto inovador, este ligado ao ecoturismo. Trata-se de um projeto de cicloturismo rural, com a marca da Administração Municipal.

A Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (SMCTEL), que coordena a iniciativa, prevê que em algumas semanas já será possível colocar a ideia em prática. A proposta básica já foi apresentada ao prefeito Eduardo Bonotto, que manifestou plena aprovação, considerando o diversificado patrimônio existente, e que deve ser melhor visto e aproveitado pelos são-borjenses e pelos visitantes. O objetivo, conforme a secretária Vânia Alves Cardoso, é “mostrar as nossas muitas belezas, desconhecidas da maioria, associadas, ainda, a um agronegócio pujante”.

Uma das ações que são previstas para a realização do projeto é o mapeamento dos locais mais sugestivos para a inclusão no circuito ciclo turístico, assim como definição e extensão da rota a ser percorrida. Locais ao longo do percurso também deverão ser oferecidos para pernoite ou descanso, com possibilidade, também, de desfrutar a variada gastronomia regional. Estimular as atividades esportivas associadas ao ciclismo é outra finalidade da iniciativa.

O diretor de Esportes da SMCTEL, Zé Dubal, observa que São Borja já dispõe de alguns grupos de ciclistas na cidade e que poderão contribuir com o projeto da secretaria. “Aqui não se trata de concorrermos com esses grupos ou tentarmos atingir as iniciativas que desenvolvem. O que queremos é parceria, de modo que todos possam oferecer contribuições pela mesma causa”, diz o diretor.

Texto: DECOM SB