Projeto Flauta Missioneira está com inscrições abertas

23

O projeto Flauta Missioneira é uma ação de iniciação à música desenvolvida pela Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (SMCTEL). A iniciativa já atende crianças em aulas gratuitas de flauta doce no Memorial Casa João Goulart, agora, o projeto está com inscrições abertas para crianças e adolescentes moradores da área ribeirinha da cidade, correspondente ao Cais do Porto e às vilas Porto do Angico, Da Praia, Santa Rosa, Mário Weis, Arneldo Matter e Arno Andres. As aulas para esse público-alvo serão possíveis graças a uma parceria da SMCTEL e o Iate Clube Bernardino Ferreira.

Crianças a partir dos seis anos de idade podem fazer inscrição ao projeto. Um dos pré-requisitos é estar estudando. Para inscrição, é preciso apresentar documento de identificação na Secretaria de Cultura, entre 7h30min e 13h, de segunda à sexta-feira. A secretaria funciona em anexo ao Memorial João Goulart, na Avenida Presidente Vargas.

Para formação de uma turma, é necessária a confirmação de pelo menos dez participantes. Os alunos recebem, sem nenhum custo, o instrumento musical a ser utilizado nas aulas.

As aulas serão ministradas pelo professor Cecílio Guimarães, que é pós-graduado em Música. A SMCTEL e o Iate Clube Bernardino Ferreira definiram que as aulas serão dois dias por semana. Uma vez será na sede do iate e a outra no ginásio esportivo Cleto Azambuja.

“A nossa perspectiva é que, através da inserção à música, nossas crianças e adolescentes eduquem sua sensibilidade e consolidem valores elevados e de fortalecimento à autoestima”, destaca a secretária Vânia Alves Cardoso.

Já o presidente do iate, Luis Carlos Porto, ressalta que “se trata de um grande investimento para o futuro dos nossos jovens e, por isso, fazemos questão de também oferecer o apoio através da nossa entidade”.

Por seu turno, prefeito Eduardo Bonotto lembra que ações semelhantes de iniciação à música já são ministradas no Memorial João Goulart e que a ideia é, de forma gradativa, ir ampliando as iniciativas. “Certamente, nesses projetos de música estão brotando grandes talentos e vocações”, conclui o prefeito.

 

Texto e foto: DECOM PMSB