Nádia Bacin

97

De família tradicional de São Borja, onde nasceu, Nádia Bacin saiu de sua terra natal em 1986 aterrissando em 2002 em Brasília onde apaixonou-se pela cidade, vendo no cerrado uma paisagem que a lembrou partes do pampa gaúcho. Encantada com o trabalho moldado em cerâmica dedicou-se a essa arte e ficou nacionalmente conhecida pela múltiplas exposições que fez e faz enaltecendo seu talento de muito brilho e requinte.

A cada peça que molda com carinho para ela, ali se constrói com o material infinitas possibilidades criativas inclusive para desenhar o que torna uma realização para o artista. Com criatividade e imaginação farta concedida à grandes talentos artísticos, ela se inspira nas paisagens e diversidade do cerrado com suas cores de uma natureza repleta de ipês e caliandras, que povoam suas criações que valorizam qualquer ambiente.

Além disso Nádia desenvolve projetos de capacitação em arte com argila, de pessoas a partir dos quatorze anos constituindo-se em fonte de sustento para os mesmos participando, também de ações do fundo de apoio à cultura do governo. Indiscutivelmente são-borjense das mais ilustres.