Começa amanhã a segunda etapa da vacinação contra a gripe H1N1

45
Fonte: Departamento de Comunicação Prefeitura de São Borja

A partir de amanhã (16/04) inicia a segunda etapa de vacinação contra a gripe H1N1, abrangendo profissionais das forças de segurança e salvamento, como bombeiros, policiais civis, Brigada Militar e militares do Exército. Nessa fase também serão vacinados portadores de doenças crônicas com apresentação de receita médica, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade. Outro segmento incorporado como grupo prioritário na segunda etapa da vacinação são os caminheiros e os motoristas de transporte coletivo com apresentação da carteira de motorista com a categoria C, D ou E.

Esses grupos devem procurar a vacina em todas as ESFs (Estratégias de Saúde da Família), das 07hs às 13hs, e na Central de Vacinas no antigo Hospital São Francisco, das 07 às 12hs e das 13hs às 16hs.

Na terceira e última etapa dos grupos prioritários, que começa em 09 de maio, será a vez das gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), professores de escolas públicas e privadas (com identificação da profissão), adultos entre 55 e 59 anos e crianças de 6 meses a menores de 6 anos. Outra novidade, este ano, é a inclusão também de pessoas com deficiências.

Em função da pandemia do Coronavírus, em 2020 começou mais cedo a campanha de prevenção à gripe H1N1. A vacinação não imuniza contra a Covid-19, mas as equipes médicas ressaltam que, controlando o vírus Influenza da gripe, ficam ampliados os níveis de imunidade para eventuais enfrentamentos de outras doenças, entre elas o Coronavírus.

A campanha teve início em 23 de março e se estenderá até 22 de maio, segundo cronograma do Ministério da Saúde. Na primeira etapa, que foi até 15 de abril, a aplicação de doses contra a gripe H1N1 foi somente para trabalhadores na área de Saúde e idosos a partir dos 60 anos. Pelo balanço apresentado, em São Borja, o grupo prioritário dos idosos acima dos 60 anos e dos trabalhadores da saúde atingiu a meta de cobertura vacinal estabelecida pelo Ministério da Saúde.