SMDS busca mais parcerias para manter Sopa Solidária

8

Iniciada em maio de maneira gradativa, a ação Sopa Solidária, coordenada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), tem mostrado bons resultados em São Borja. Já há alguns anos ocorrem iniciativas similares, especialmente no período de inverno, mas em 2021 o trabalho começou mais cedo e tem importância fundamental, em função da pandemia da Covid-19, que faz aumentar o contingente de famílias desempregadas e sem geração de renda.

A secretária Luciane Bidinoto explica que a ação de apoio e solidariedade vem desde o início do mês passado, abrangendo, progressivamente, famílias necessitadas dos cinco CRAS (Centros de Referência em Assistência Social) em funcionamento na cidade. A campanha Vacinação Solidária, que, através de parceria das secretarias da Saúde e de Desenvolvimento Social, recolhe doação de alimentos das pessoas que se vacinam, vem garantindo a manutenção da Sopa Solidária. Como, porém, é crescente a demanda de insumos alimentícios, será preciso conseguir mais parcerias e apoiadores, para que o serviço de assistência tenha continuidade. A meta é de seguir servindo mais de 500 porções de sopa por semana.

O prefeito Eduardo Bonotto reforça o apelo feito pela secretária: “quaisquer doações de alimentos serão sempre bem-vindas, e nós assim como as famílias diretamente beneficiadas ficamos imensamente agradecidos”. A busca de mais apoiadores na causa ajudará a manter os estoques do Banco de Alimentos.

A Sopa Solidária é servida a pessoas cadastradas em todos os CRAS. O apoio nutricional é servido às 11h30min, nos CRAS Arneldo Matter, Centro e Paraboi nas terças e quintas-feiras. Já nos Centros de Assistência Leonel Brizola e Passo a sopa é distribuída às quartas e sextas-feiras., também às 11h30min.

Texto: DECOM SB