Reunião define os últimos detalhes da 3ª edição do Dia de Campo

43
Fonte: Departamento de Comunicação Prefeitura de São Borja

O prefeito Eduardo Bonotto se reuniu na quinta-feira (18/07), com representantes das entidades tradicionalistas parceiras da 3ª edição do Dia de Campo (CTG Tropilha Crioula, Centro Nativista Boitatá, CFTG Farroupilha e PTG João Manoel), para tratar detalhes do evento que acontecerá nos dias 3 e 4 de agosto, no Parque General Vargas (Parcão). As atividades contam com o patrocínio da Companhia Rio-Grandense de Saneamento (Corsan). Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Novas Façanhas e com o apoio do Sesc.

Um dos destaques da programação é a escolha dos casais fandangueiros. O Concurso vai eleger os casais que apresentarão o município como “Capital do Fandango”, em todos os eventos oficiais relacionados à Semana Farroupilha. Neste ano os Casais Fandangueiros serão eleitos em cinco categorias: Pré-Mirim, Mirim, Juvenil, Adulta e Xirua. Os casais vencedores receberão faixas, brasões e premiações em dinheiro no valor de 400 reais. As inscrições para o concurso foram prorrogadas até 25/07.

Um dos diferenciais do Dia de Campo deste ano é o aumento das premiações em dinheiro, sendo que a entidade que ficar com a primeira colocação, de acordo com requisitos de edital, receberá 10 mil reais. O segundo lugar leva 6 mil reais e as duas últimas colocações 4 e 2 mil reais respectivamente, ou seja, no total serão 22 mil reais em prêmios. Isso só foi possível através do patrocínio buscado pela Prefeitura junto à Corsan.

Para concorrer o CTG Tropilha Crioula, o Centro Nativista Boitatá, o CFTG Farroupilha e o PTG João Manoel precisam seguir diversos itens definidos em regulamento como por exemplo, 70% de participação no evento como um todo, maior número de casais fandangueiros representando a entidade, ornamentação no seu espaço destinado ao “bolicho campeiro” onde serão comercializadas iguarias e bebidas típicas do Rio Grande do Sul e principalmente, maior número de produtos não perecíveis arrecadados na ação denominada “mala de garupa de alimentos”. A coleta dos alimentos da mala de garupa acontece de 18 de julho a 4 de agosto.

Outro grande diferencial é que nesta edição o evento terá dois shows de encerramento. No sábado, o baile será com o grupo de Pedro Ivo e Vento Minuano, já no domingo será a vez do grupo Machado & Marcelo do Tchê. Também fazem parte da programação apresentações artísticas, concurso de trova, cavalgada que partirá da Praça da Estação Férrea e atividades em referência aos costumes do gaúcho.

A Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, responsável pela organização do evento, estima que mais de 8 mil pessoas, por dia, prestigiem o Dia de Campo. O ato oficial de abertura será às 14 horas do dia 03.

O prefeito Eduardo Bonotto afirma que São Borja ter recebido o título de Capital do Fandango, além de enaltecer o município em todo o estado, também é o reconhecimento de tudo o que a cidade fez e faz pelo tradicionalismo.

“O fandango é uma forma de expressão da nossa cultura e da nossa história. Faz parte da identidade do nosso povo e como produto cultural eleva a auto estima dos São-borjenses e também fomenta o nosso turismo”, conclui Bonotto.