Prêmio

297

Manoela Cáceres Michelin fez bonito no São Borja em Dança ganhando o maior prêmio do festival como a melhor bailarina de todo no evento. Subiu ao pódio por sua perfeição na técnica do dançar em todas as interpretações que teve participação.

Foi a única bailarina a ganhar um pingente de ouro 18 quilates, prêmio que os jurados não concediam há três anos. Ela também ganhou o primeiro lugar em dança solo. Manoela está carimbadíssima para entrar em qualquer companhia de dança, atestou o alto nível de jurados, o que também enaltece a academia que ela pertence, que é a de Mirian Goulart.