Modelo de contribuição dos municípios ao IPE Saúde é discutido em reunião

34

Diante das demandas de diversos municípios sobre o aumento exponencial das alíquotas de contribuição mensal previstas na renovação de contrato com o IPE Saúde, o prefeito de São Borja e presidente da Famurs, Eduardo Bonotto, participou de uma reunião com o presidente do Instituto, Júlio Ruivo, e equipe técnica na terça-feira (18/01).

Conforme Bonotto, em virtude da renovação dos contratos e a majoração de alíquotas, a Famurs tem recebido manifestação dos municípios questionando o aumento da contribuição mensal, mediante a dificuldade na marcação de consultas e atendimento de especialistas.

“Nós viemos buscar uma solução para o IPE que sempre esteve junto com os municípios, mantendo o equilíbrio do Instituto e, ao mesmo tempo, não penalizando os municípios”, avaliou.

Após análise dos estudos e modelos de contratos realizados pela equipe atuária do IPE Saúde, ficou definido a ampliação do debate, para se buscar alternativas em conjunto, dentro da legalidade e que possam atualizar o atual modelo de contribuição dos municípios. A ideia é marcar uma roda de conversa através da formação de um grupo de trabalho.

Em São Borja, desde dezembro de 2021, os segurados do IPE Saúde voltaram a contar com uma agência local para atendimentos presenciais. O posto de atendimento está localizado junto à Coordenadoria de Educação.

Segundo relatório apresentado pela unidade local, no primeiro mês de funcionamento, a agência atendeu presencialmente 263 usuários do plano.

“Isso demonstra a importância que tem o posto local e a falta que estava fazendo para o município, proporcionando acesso facilitado dos usuários através da implantação do escritório da agência na cidade”, afirma o prefeito.

Texto e foto: DECOM PMSB