“Ilustre conversa” com Mirian Goulart

75
Foto: Arquivo pessoal

Quando o amor á arte e o profissionalismo se unem o resultado costuma ser um só: excelência! Assim é Mirian Goulart professora de ballet há 25 anos e diretora da escola que leva seu nome. Obteve a formação de Ballet Clássico pela metodologia Russa e também é graduada em dança. Possui inúmeros cursos livres na área da dança e participou de vários concursos nacionais e internacionais de dança, como o Disney Pergorming Arts em Orlando/Flórida atuando como bailarina e coreógrafa por duas vezes nos anos de 2000 e 2018 e hoje vem nos falar com propriedade sobre o tema Ballet.

Deco – Qual a importância do ballet na vida do ser humano?

Mirian – O Ballet é uma atividade completa, trabalha o corpo de forma integral. Os praticantes do Ballet Clássico desenvolvem força, resistência, flexibilidade, ritmo, equilíbrio, coordenação motora, noção espacial, noção corporal, além da postura e elegância. Poderia citar muito mais, mas prefiro usar o trecho da música “Bailarina” de composição de Paulo Tatit que ao meu ver define tudo! “ Tocar o céu com a ponta do pé Pisar no chão com a palma da mão. Com longos alongamentos, o corpo é um instrumento. Balé precisa de dedicação.”

Deco – O que gera de bom a quem pratica?

Mirian – Primeiramente encanto! Depois além dos aspectos físicos para a saúde que vai da elevação da autoestima, interação social e autoconfiança tem todo o lado glamuroso de conhecer a história do Ballet Clássico, arte centenária que trás muita cultura através de estudos dos grandes compositores como Tchaikovsky, Stravinsky… coreógrafos que deixaram um legado para história do ballet : Marius Petipa, Mikhail Fokine, Pierre Buchamps, Bournonville e todo acervo dos grandes Ballet de Repertório.

Deco – O que a dança acrescentou à sua vida e discípulas?

Mirian – Pois então, eu danço desde meus 7 anos e quando olho para atrás para fazer um retrospectiva do Ballet na minha vida eu vejo que me trouxe muita disciplina e foco para tudo que tiver que enfrentar e com certeza abre muitas portas para o universo profissional, seja ele qual for. É um elemento que tem poder de transformação e ver a evolução do seu trabalho através de suas alunas é como uma premiação diária.

Deco – O que fez a escola na pandemia?

Mirian – Nossa escola se readequou para melhor atender nossos alunos. Através de aulas onlines que foi uma ferramenta transformadora da pandemia. Onde nossa mente fica mais ansiosa e pede um cuidado especial por nós mesmo. Tínhamos muitos planos para 2020, viagem para Paris/Londres, concursos, eventos, aulas com convidados especiais… Sim, tínhamos, mas podemos vivenciá-los em outros momentos! Nesse momento tivemos oportunidade de ter aulas onlines com diversos profissionais renomados da Brasil e exterior. Também começamos um grande projeto que pretendemos finalizar esse ano. Chamado “Encantos”, dançando pelos cantos da nossa cidade. Por isso, falo que ser bailarina tem mesmo a ver com o colorido da vida. Com certeza o arquiteto do universo nos quis presentear com o voo sem asas, com a delicadeza. Ser forte sem ser fortaleza. Ser resposta sem ser autoridade. E em meio a pandemia podemos perceber tudo isso é que uma das coisas que mais alimenta a alma é a ARTE. E nesse momento único que vivemos nunca esteve tão claro que ela é o oxigênio de muitos corpos e corações.

Deco – Perspectivas por esse período para seu corpo de dança?

Mirian – Nossa escola, como falei anteriormente, não parou. Participamos de grandes eventos de dança online e tivemos um retorno com sucesso e premiações importantes para nós e nossas alunas. Agora é focar no nosso projeto “ Encantos” e na nossa viagem de 2022 para dançarmos na Disney de Paris e um tour em Londres para beber da fonte do Ballet Clássico no Royal Ballet, que ano passado completou 100 anos de história. Continuar nosso trabalho com minha equipe de professoras especializadas em dança com todo profissionalismo , seriedade e amor.

Deco – Ballet por Mirian Goulart?

Mirian – Cada nota, cada som, cada harmonia, precisa ter seu corpo vibrando da ponta do cabelo até às pontas dos pés! Isso é Ballet é paixão que nos eleva a outro patamar, mas nos conectando com nós mesmo e com o mundo.