Correios prevê retomada do Programa de Demissão Voluntária dos servidores

288

A empresa dos Correios prevê retomada, ainda este mês, do seu Programa de Demissão Voluntária de servidores. O PDV realizado em janeiro e fevereiro não alcançou o resultado esperado, com um pouco mais de cinco mil adesões, quando a meta eram oito mil desligamentos.

O afastamento de servidores no Correios, mediante incentivo financeiro, é das medidas que são adotadas para o enfrentamento de uma das maiores crises na história da empresa. A ECT tem, atualmente, 17 mil funcionários, boa parte deles com idade mínima de 55 anos e pelo menos 15 anos de serviços, o que enquadra no PDV.

No entanto, dos cinco mil que anunciaram a decisão, em janeiro e fevereiro, a maioria estaria desistindo.