Vacinação contra febre aftosa começa na próxima semana

453

Como já era esperado, o governo do Estado está acabando com o programa de distribuição gratuita de vacinas contra a febre aftosa para produtores abrangidos pela agricultura familiar. A suspensão já vai valer para a próxima campanha de vacinação, de 1° a 30 de novembro.

Há alguns anos, eram beneficiados criadores de até 100 cabeças, depois o número caiu para 30; e neste ano para 10 animais e agora nenhuma dose gratuita de vacina será distribuída. A razão alegada é a crise de recursos financeiros enfrentada pelo governo do Estado.

O secretário estadual da Agricultura, Ernani Polo, diz que para manter a gratuidade para até 100 animais, seriam necessários R$ 15 milhões para a aquisição de vacinas, o que se torna inviável. Para atender a demanda até dez por produtor, em maio passado, – 38% da agricultura familiar – foi utilizada sobra de vacinas do ano passado.