Um trabalho bonito, projeta maquetes em todas as latitudes

148
Foto: Arquivo pessoal

O Paulo de Tarso Paschoaloto Pacheco, conterrâneo dos mais brilhantes e de visibilidade artística é um exímio construtor de maquetes, oficio oriundo do tempo que cursou alguns anos de arquitetura. Mais conhecido como Amigo, descendente, de família tradicional de São Borja, ele mudou-se dos Campos de Cima da Serra para Santa Maria com a família. E foi lá que ele se encantou com a Vila Belga e artesanalmente criou miniaturas das casas da vila que ganharam a mídia e várias exposições. Uma coleção lindíssima. Paulinho, nos disse que um dos seus sonhos é fazer em resina e que pode inclusive servir para doar ou vender as maquetes do Museu Getúlio Vargas ou o memorial João Goulart. Seria uma boa.