Somos Todos Brotos

4

Todo princípio é um broto, é um embrião, é apenas um projeto de possibilidades ainda não manifestas.

Toda a flor tem sua gênesis nalgo aparentemente comum, ordinário e não atrativo, mas com o passar do tempo, o seu processo natural de florescimento à leva um constante esforço em busca do sol para desabrochar-se e, na plenitude de tão majestosa atividade, ela se abre por completa, expande suas pétalas, exala suas fragrâncias e inebria a paisagem com combinações de matizes que inspiram e encantam o olhar daqueles que as apreciam com os olhos da alma e da arte natural.

Da mesma maneira, nós seres humanos temos os nossos processos de banalidade indiferenciada porque, ao nascer, somos apenas um potencial de existência, mas que, com o passar dos anos, temos a infinda oportunidade de expandir nossas essências, abrir nossas cognições para as infindas belezas do universo e, cada um seu momento, deixar florescer e manifestar o que há de mais belo, de mais inspirador e de mais essencial em nossas naturezas.

Mas para isto, é necessário deixar de lado os receios, os medos, as culpas e as dores que não mais fazem parte do presente, mas de repente até foram necessárias, ou inevitáveis, em seu momento pretérito, assim como as plantas enfrentam as adversidades da natureza antes de seu completo florir.

Além disso, é necessário evitar errôneas ideias de comparações, pois o que seria do jasmim se ele desejasse ser uma rosa, ou do gerânio se ele quisesse ser uma tulipa, ou da begônia se ela quisesse ser um lírio do campo, ou qualquer planta que tivesse o absurdo ímpeto de ser outra planta que não ela mesma.

Então, no jardim de sua vida, extravase a magia de sua natureza, embeleze o olhar externo com a profusão de sua essência, expanda a harmonia do seu entorno ao contribuir com tuas mais augustas fragrâncias, mais atrativas cores a mais sublime e simétrica manifestação.

Ou seja, evite ser a erva-daninha que mina o seu florescer e torne-se o extravagante e exuberante adubo que nutre, que vivifica e que produz o mais belo e inesquecível que existe dentro de tua natural essência.

E finalmente, esteja sempre ciente de que ser um Broto é Natural, mas ser uma admirável planta, é uma escolha. O que você escolhe ser?.