Sempre foi e permanece elegante. E dona de uma profunda sensibilidade

68

Elisabete Bauer, é uma figura humana das mais talentosas e elegante por natureza. Ela deu um time em sua lida com os pinceis por conta própria e sem inspiração com a chegada da pandemia que assolou a todos nós. Mas agora que parece que o colorido voltou ao Planeta, Bebete, volta a pensar no seu retorno a pintura da qual é uma expert indiscutivelmente. Craque no óleo sobre tela aflora sua sensibilidade. Uma postagem que fiz sobre um nu que pintou para o colunista foi festejadíssimo em centenas de visualizações