São-borjense se classifica para segunda etapa do Festival enCantar

318
Fonte: Camila Beque

O festival enCantar é uma iniciativa idealizada pelo fundador da empresa de varejo, Lebes, Otélio Drebes, e visa apoiar e divulgar músicos gaúchos, a fim de abrir portas os que ainda não têm suas carreiras estabelecidas. O festival que tem etapas de votação popular, é dividido em duas categorias, a Kids e Adulto, onde os vencedores conquistarão um prêmio em dinheiro.

A primeira etapa já foi concluída no dia 12/10, onde mais de mil músicas foram inscritas, e apenas 170 foram classificadas para a segunda etapa. Que ainda ocorre por meio de voto popular, para classificar apenas 30 dos 170 músicos. E o são-borjense Paulo Onesio da Silva Júnior, de 19 anos, já avançou a primeira etapa e faz parte dos músicos classificados.

Paulo conta que soube do festival através de amigos, que o incentivaram a fazer sua inscrição para a participação. A música inscrita , chamada “Além das bandeiras” estava guardada “nas gavetas” do músico, ele conta que começou a escrever em 2019, aos poucos, letra e melodia. E então surge o festival, e a música toma sua forma. “Conversei com o Rafael sobre que estilo seria mais cativante ao festival e logo me lembrei desta canção. Não demorou muito para completar a música, e aí surgiu o brilho do Rafael Haygert como produtor, dando a ideia de usar as bandeiras e mesmo de cantar algum trecho da música em espanhol.” conta ele.

A inspiração é fundamental para executar um trabalho musical, e Paulo conta que esse processo é difícil para quem está no começo, mas que “ter alguma composição acolhida por outras pessoas, seja em festivais ou em alguma mídia, o compositor cresce muito em confiança”. O são-borjense não abre mão de contar que carrega consigo as referências da sua terra, “Como melodista o saudoso Mário Bárbara, com seu repertório que vai do melhor do regionalismo até belezas musicais populares. Como letrista, tenho a graça de admirar de perto o poeta Rodrigo Bauer, e também, ter em seu filho, Matheus Bauer, um amigo e outro poeta de referência e inclusive responsável pelo desenvolvimento que venho tendo também nas letras.”

Ele conta também da sensação de estar classificado para mais uma etapa do festival, o músico agradece a todos que confiam, votam, compartilham e incentivam o seu trabalho. Finaliza ele, “Muita gratidão por ver um pouquinho dos nossos sonhos chegando a mais pessoas, isso é fazer música!”

A segunda etapa do festival enCantar tem votação pública e aberta até sexta-feira (24), onde 30 participantes serão selecionados, é possível votar quantas vezes quiser, e ajudar o jovem músico são-borjense a chegar às etapas finais do festival.