Prefeito confirma a retomada dos voos entre Porto Alegre e São Borja

62

Em reunião por videoconferência com a empresa Azul Linha Aéreas, na quinta-feira (20/5), o prefeito Eduardo Bonotto definiu a retomada dos voos de rotina entre Porto Alegre e São Borja e vice-versa. Também participou do encontro a Frente Parlamentar da Aviação Regional na Assembleia Legislativa. A ligação aérea com a capital do Estado está suspensa em escala comercial desde o ano passado, devido à pandemia da Covid-19.

A Azul Conecta, responsáveis pelos voos regionais, confirmou que a venda de passagens, visando à retomada, está prevista para o mês de junho. Já a volta dos voos São Borja-Porto Alegre é programada para a partir de julho. Entretanto, nos três primeiros meses, de julho a setembro, São Borja estará compartilhando operações de rota com Santa Rosa.

Nessa fase inicial da retomada as conexões aéreas serão dois dias por semana – às terças e sextas-feiras. Já a partir de outubro, a previsão é que São Borja volte a ter voos diretos com Porto Alegre. A escala deverá ser de três dias por semana – nas segundas, quartas e sextas-feiras.

O prefeito Bonotto lembra que o restabelecimento de serviços de transporte aéreo, depois de meio século de suspensão, é uma das conquistas recentes mais relevantes para São Borja. Nesse sentido, ele agradeceu os apoios oferecidos pelo governador do Estado, Eduardo Leite e pela Azul Linhas Aéreas, através do comandante Ronaldo Veras.

Além disso, a Administração Municipal de São Borja já publicou na imprensa edital de retificação e prorrogação de prazo em Concorrência Pública visando novas obras de melhoria na infraestrutura do aeroporto regional João Manoel. Antes a data seria em 23 de março, sendo agora definido o dia 10 de junho, às 8h30min, para o recebimento de propostas, segundo definição da Secretaria Municipal de Planejamento. O edital de concorrência – 01/2021/CP/SMPOP/DCL -, é para contratar empresa especializada a fim de executar reforma da pista asfáltica do terminal aéreo. Para os novos investimentos estão assegurados cerca de R$ 5 milhões, verba repassada pelo Governo Federal.

Bonotto ainda manifestou seu reconhecimento à Assembleia Legislativa/RS, por meio do deputado estadual Frederico Antunes, presidente da Frente Parlamentar de Apoio à Aviação Regional, pelo empenho e dedicação em todos os momentos.

Além de São Borja e Santa Rosa, também os municípios de Alegrete, Bagé, Canela, Santa Cruz do Sul, Erechim e Vacaria terão reiniciadas suas linhas aéreas comerciais. Após a interrupção por mais de 50 anos, em São Borja as operações voltaram em 21 de novembro de 2020, parando meses depois em função da Covid. Além do município, toda a comunidade regional é beneficiada, incluindo a fronteira argentina.

 

Texto e foto: DECOM SB