“Ilustre Conversa” com Maria Celina Falcão

147
Foto: Popô

Ilustre conversa recebe hoje a oftalmologista Maria Celina Falcão expoente nessa área e que alia ao seu trabalho a estética facial. Recentemente ela adquiriu um aparelho de última geração para tratamento facial sem cortes é que é o maior sucesso. O nosso bate papo hoje e com ela.

Deco – O que a levou a associar a oftalmologia com a estética facial?

Maria Celina – Quando fiz minha formação em oftalmologia, no Hospital de Olhos do Paraná, onde permaneci por 4 anos, fiz parte do serviço de oculoplástica, como residente, que é uma subespecialidade da oftalmologia que tem por objetivo o cuidado anatômico das pálpebras e vias lacrimais para a manutenção da função e da saúde ocular. Após algum tempo atuando como oftalmologista comecei a observar a necessidade de unir os resultados funcionais com uma visão mais estética. Isso me levou a fazer uma especialização em São Paulo, em 2013/2014, de Cirurgia Plástica da Face, onde aprendi a avaliar a face como um todo e não analisar os olhos como estruturas isoladas, desde então busco sempre me manter atualizada em congressos, cursos, workshop hands on para trazer os tratamentos faciais mais modernos para meus pacientes.

Deco – A senhora acha que o tratamento facial hoje é preponderante na vida do ser humano?

Maria Celina – Acho que a face é nosso cartão de visita, mas é muito mais que estética reflete muito de autocuidado e de autoestima, esses conceitos sim devem ser preponderantes em nossas vidas.

Deco – O que a senhora recomenda para uma boa apresentação facial?

Maria Celina – Uma série de fatores são determinantes para a boa apresentação facial tais como hábitos alimentares saudáveis, hidratação, foto proteção e quando já há marcas do tempo com linhas marcadas tanto dinâmicas quanto estáticas, flacidez podemos lançar mão de muitos tratamentos faciais como toxina botulínica, preenchimentos, fios bioestimulação e sustentação, além das tecnologias como lasers e ultrassons que trabalham de maneiras distintas, mas o fundamental e ter a indicação mais adequada para cada tratamento e manter as características e traços individuais de cada paciente.

Deco – Como a senhora desenvolve o seu trabalho?

Maria Celina – Inicialmente é feita uma avaliação e nessa anamnese os pacientes apresentam suas queixas, em um segundo momento faço uma análise facial para traçar um planejamento terapêutico respeitando a individualidade de cada paciente.

Deco – A senhora adquiriu recentemente um aparelho de última geração para tratamento facial. Como ele funciona?

Maria Celina – O Ultraformer III é um aparelho de última geração para tratamentos estéticos faciais e corporais é um ultrassom micro e macro focado, além de tratar flacidez, ancoragem muscular e queima de gorduras localizadas o que promove um lifting sem corte. Com esse aparelho podemos trabalhar várias partes da face e corpo com diferentes protocolos.