Governo Federal deverá aumentar corte de recursos nas universidades

639
Foto: Fábio Giacomelli / Especial

O governo federal prevê cortar até 45% dos recursos previstos nos investimentos nas universidades federais do país em 2017, na comparação com o ano de 2016. Já o montante de recursos para custeio deverá ter uma queda de cerca de 20%.

Segundo cálculos do governo, serão cerca de R$ 350 milhões a menos para investimentos nas 63 universidades federais, comparando com os 900 milhões previstos para 2016.

Essa perspectiva é bastante preocupante, pois as instituições já vivem uma grave crise representada pelo corte de verbas. A Unipampa, por exemplo, já promoveu paralizações e protestos, e vem registrando suspensão de atividades e de obras nas diversas unidades, entre elas a de São Borja.