Eleições municipais e os cuidados que deverão ser tomados

27
Fonte: Camila Beque

Desde o dia 27 de setembro começaram as atividades das campanhas municipais para as eleições de 2020. Embora estejamos vivendo um ano atípico, as eleições mesmo com ajustes foram mantidas. E em conversa com representantes do Cartório Eleitoral de São Borja, foram tiradas dúvidas sobre como serão as eleições dentro da realidade atual.

Esse ano serão adotadas medidas preventivas ao contágio pelo Coronavírus, como o adiamento das eleições, que esse ano ocorrerá nos dias 15 e 29 de novembro. Os mesários que pertencem ao grupo de risco, que possuem doenças crônicas e pessoas acima de 60 anos são afastadas da função, para isso há um reforço na campanha para mesários voluntários. Os treinamentos são feitos a distância, via Internet. E para os dias da eleição, o horário será antecipado em 01 hora. Será dispensada a identificação biométrica a fim de agilizar o processo de identificação e minimizar o contato.

Nos locais de votação terá um Administrador de Prédio que terá a função de organizar o espaço, direcionar os eleitores de forma igualitária entre as seções, além de controlar o fluxo de pessoas no local e orientar para que a distância de 1m seja respeitada. E as seções eleitorais receberão um “Kit Covid” contendo máscaras, frasco de álcool em gel para o uso mesários e dos eleitores, álcool líquido 70% para a higienização das superfícies e objetos, guia plástica para a assinatura da folha de votação, canetas para uso do eleitor (reutilizáveis após higienização), pano multiuso, além de lenços umedecidos e guardanapos para auxílio na higienização de superfícies e objetos, cartazes com orientações sanitárias ao eleitor (“Vote com segurança” e “Passo a passo”), adesivos para marcar distanciamento no solo, fita zebrada para demarcar distâncias e organizar ambientes.

Para informar o eleitor de como ocorrerá o processo esse ano, estão sendo feitas campanhas de divulgação das medidas sanitárias na Internet, rádio, e TV, buscando prevenir o contágio com a colaboração da sociedade. O Tribunal Regional Eleitoral do RS, por orientação do TSE, tem realizado reuniões virtuais com partidos políticos e orientado os cartórios eleitorais para que realizem as reuniões preparatórias para as eleições com os órgãos municipais, na medida do possível, do mesmo modo. Os candidatos neste período de campanha eleitoral devem seguir as medidas sanitárias impostas pelos decretos municipais.

LEGENDA

1. O Secretário orienta a formação da fila com distanciamento de 1 metro, demarcados com um adesivo próprio ou com “X” de fita crepe no chão, e pede aos eleitores que leiam os cartazes enquanto aguardam sua vez de votar;

2. O Secretário pede ao eleitor que entre na seção com o documento com foto na mão ou E-título previamente baixado e já ABERTO na tela do celular;

3. O 2º Mesário pergunta ao eleitor seu nome e o repete em voz alta para o 1º Mesário. Em seguida, pede ao eleitor que mostre seu documento ou E-título a distância e confirma sua identificação;

(OBS. nas seções de 3 mesários, essa função será acumulada pelo 1º Mesário, pois o 2º Mesário atuará como Secretário)

4. O 1º Mesário pede a ele que guarde seu documento (ou desligue o celular) e passe álcool gel na mão; dita o número do título para o Presidente e repassa o caderno de votação com a folha de proteção posicionada para assinatura com caneta própria (ou oferece ao eleitor uma caneta da caixa).

Após a assinatura, entrega o comprovante de votação (se o eleitor o quiser).
Enquanto o eleitor se dirige ao Presidente, o 1º Mesário higieniza a folha de proteção com o álcool 70% para o próximo votante; quando acabarem as canetas novas, as usadas podem ser higienizadas em grupo e recolocadas na caixa respectiva;

5. Presidente digita o número do título ditado pelo 1º Mesário, confirma o nome com o eleitor e o libera para ir até a cabine; no momento dessa liberação, aciona o Secretário, que executa o passo 2 com o próximo eleitor;

6. Eleitor vota para vereador e para prefeito. Enquanto o eleitor vota, o Presidente acompanha no terminal qual o cargo está sendo votado;

7. O votante se retira da cabina de votação;

8. Eleitor que já votou passa álcool gel nas mãos antes de deixar a seção.