Desfrutar dos múltiplos momentos presentes é o caminho para mostrar que estamos vivos.

26
Foto: Popô

Quando eu tinha a mania de ler além do que faço hoje, me considerava um garimpeiro de boas crônicas e assuntos onde a alma sempre estava em evidência. Mesmo assim ainda busco algo em meus arquivos que por vezes copio para levar até vocês, porque a Vida nada mais é que um instante tomado de eternidade. Nossa passagem é apenas isso uma passagem. Os ciclos se renovam e não há como parar a roda. O mais importante é dar cada passo de forma amorosa para poder saborear sempre o gosto dela. Por isso que concordo com o poeta, já acho que sou alguém que caminha ao meu lado. Aprendi. A soma do que sou portanto, é mais do que a experiência vivida, o amor sentido ou a frustração doida. Nossa soma é o resultado exponencial de tudo isso, mais o que aprendemos com isso, o passo que damos para seguir além e os sonhos que frutificamos ao longo da jornada. Eu não sou apenas eu, e estando além de mim mesmo, sou finalmente inteiro, sem me perder nas partes menores dos problemas e circunstâncias  que são apenas fragmentos do grande eu que sou. Há algo maior que tudo, maior até do que a existência. Que sejamos capazes de encontrar a força da aceitação para nos entregar ao Mistério e para que  a vida cumpra seus desígnios.