Como ficará o emocional após a Pandemia por Magda Rillo

212

Figura das mais brilhantes no que aborda, sempre focalizando o bem e o melhor para se colorir a vida, Magda Rillo da Silva ilustra mais uma vez nosso espaço com propriedade e discernimento e nos fala da perspectiva que virá após a pandemia e como a insegurança afeta nosso dia a dia.

“A Pandemia é um momento histórico que atinge diretamente o instinto de sobrevivência e o valor da vida.

Porém, o impacto pessoal que ela causa, apenas desperta na pessoa, o que já estava “ dentro “.

Todos temos uma morada emocional, um lugar subjetivo e inconsciente que é ativado pelos movimentos externos, nesse momento à Pandemia.

Acredito que às pessoas alinhadas com a consciência e o bem comum, estarão ainda mais protetoras e servirão a vida.

Bem como, os sujeitos inconscientes, fechados e egocêntricos potencializarão essa postura.
O tempo pós-pandemia será novo, desconhecido, árido e árdua.

Todos fomos convocados a uma reinvenção de sujeito, a um realinhamento de verdades .
Desejo que essa “ instabilidade pandêmica” viabilize que busquemos a Estabilidade do Eu pessoal.

Somos AMOR e MEDO, a insegurança é uma face do medo. Precisamos primeiramente reconhecer, “ sinto medo”, esse é o primeiro passo para o domínio emocional.
O segundo movimento, traçar ações, tarefas, desenvolver um scrip de como viver . O mapeamento, à rotina, os bons hábitos permitem a chegada da segurança emocional.

Segredo para estar seguro, aceitar que somos programados para sentir e fazer à Vida.”