COISAS QUE ME IRRITAM 2

486

Além do cinzeiro derrubado ao estender a mão pra pegar o copo de uísque e do cara que passa ao teu lado no caixa eletrônico dizendo: “Deixa um pouco pra mim!”, uma das coisas que mais me irrita é a turma da patrulha saudável.

“Já vai fumar? Mas tu acabou de apagar um cigarro?”, sim, mas a Souza Cruz me paga por hora a cada cigarro carburado e vão pagar meu enterro, desde que coloquem o logotipo deles sobre o esquife.

“Vai comer mais? Escondam as panelas que o Motta vai dar prejuízo!”, claro, quando estou numa boca livre, tudo o que quero é alguém gritando isso na minha orelha!

“Mas quantas cervejas tu já tomou? Credo, como é que pode?”, aí a cerveja desce foderosa pra dentro das entranhas e faz o fígado atirar um pouquinho de bílis sobre o chato.
E são sempre os mesmos.

Numa festa cuida o cara que sair com aquela piadinha dinossáurica “Quem senta na ponta paga a conta!”, esse será o teu algoz, mas haverá outros, eles são uma legião, estão por todos os lados te cercando e farão o possível para se tornarem inconvenientes e inoportunos, tirando o teu prazer de encher a carinha, testando a tua fé no Senhor com tormentos inimagináveis.

Tenho uma espécie de imã que atrai gente assim, me garimpam nos locais mais remotos possíveis e contam histórias intermináveis de um carro batido, do concunhado que é diretor do Detran e morreu num surto de calopsite aguda em Babaus. Babaus é distrito da República de Patavina, a noroeste de Bulhufas.

Pra arrematar, os casados ouvirão essa da ilustre cônjuge: “Tu não acha que já bebeu demais?”. É o golpe derradeiro! Os canecos transbordaram, é melhor sumir.

Bueno, ótimo dia pra todos e nos vemos daqui a pouco, depois do programa Cozinhando Com Dona Mimi Moro!

Abracinhos e beijo carinhoso no ventrículo esquerdo de vocês!