Aulas na rede municipal seguem suspensas

281
Fonte: DECOM/ Prefeitura de São Borja

Em São Borja, a Secretaria Municipal de Educação (SMEd) ainda não sabe quando poderão ser retomadas as aulas nas escolas municipais. As atividades estão suspensas desde 18 de março, em função da pandemia do Coronavírus e da declaração de estado de calamidade pública em saúde no município. O secretário de Educação, João Carlos Reolon, trabalha com a perspectiva de que o ano letivo e a recuperação das aulas possam recomeçar em junho, mas ressalta que isso ainda depende de definição de instituições como do Ministério de Educação, Conselho Nacional de Educação, União Nacional de Dirigentes da Educação Municipal, Secretaria Estadual de Educação, Conselho do setor e sindicato do ensino privado. O secretário destaca que, apesar de ainda não haver data confirmada, as escolas já começam a ser preparadas para o retorno.

Na quarta-feira, a Secretaria Municipal de Educação inicia um roteiro de orientações nas escolas, envolvendo as equipes diretivas, professores e funcionários de apoio. O trabalho tem o apoio técnico da diretora do Hospital Ivan Goulart, Fernanda Dal Forno Bonotto. Ambos, Reolon e Fernanda, ressaltam que é certo que, quando forem retomadas as aulas, serão alteradas algumas rotinas e redobradas as atenções em relação a grupos de risco, aglomerações, acesso aos refeitórios, entras e saídas e recreios, por exemplo. As escolas estão sendo preparadas para esta nova realidade do pós-pandemia.

O roteiro de encontros tem início na quarta-feira por professores e funcionários do CETIM Neuza Brizola. Na quinta-feira (30/04) é a vez da Escola Municipal Vicente Goulart. Em 04 de maio, segunda-feira, as orientações serão para professores e funcionários da Escola Municipal Duque de Caxias, mas em dependências da Escola Vicente Goulart. Também no centro de eventos da Escola Vicente Goulart, no dia 05, terça-feira, será o encontro para os trabalhadores em educação da Escola Municipal Ubaldo da Costa. Já nos dias 06 e 07/05, quarta e quinta-feira, acontecerão as orientações para professores e funcionários da Escola Municipal Sagrado Coração de Jesus.

Em relação às demais escolas está sendo definido o cronograma de encontros, visto que São Borja tem 19 escolas municipais de Ensino Fundamental e outras 11 de Educação Infantil, com mais de cinco mil matrículas. A SMEd destaca que agora, nessa primeira abordagem, serão adotados todos os procedimentos de prevenção, como definem os protocolos.

Alimentação aos alunos

No atual período de pandemia provocada pela Covid-19 e de aulas suspensas, os alunos em situação mais vulnerável não deixaram de receber assistência alimentar. As escolas fizeram um levantamento em relação aos segmentos com maior demanda, a fim de garantir apoios e, até o último final de semana, em 24 de abril, as escolas ofereceram refeições aos estudantes mais necessitados.

Já a partir desta semana, por orientação da Secretaria Municipal de Educação, as escolas passaram a repassar às famílias kits/alimentação. Essa rotina de assistência visa compensar a merenda que era oferecida diariamente pelas escolas.