Um amigo me traiu

23

Nestas flutuações da vida, um amigo me traiu
Mas ainda não sabe ele, que não traiu minha confiança
Pois sei que sua fraqueza humana, foi forte e o seduziu
Como um brinquedo seduz, uma desejosa criança

E sinto a dor em seu coração, que em mil pedaços se partiu
Por isso rapidamente o abraço, sereno e com genuína segurança
Pois nele me vejo, simples, frágil e humano, eis o que o espelho refletiu
Mas também vejo suas belezas, pois um amigo é fonte, vertente de bem-aventurança

Hoje sou o que sou, pois coisas que não vi, ele viu
E compartilhou afavelmente, sem rodeios, com pujança
E já são anos de histórias, fluindo intenso como as águas de um rio
Que segue sempre adiante. Natural, vivaz e repleto de amor, alegria e esperança.