Respingos de Inspiração

205

A verdadeira natureza da amizade
Não se descobre no simples ato de encontrar um amigo
Ela reside na maturidade da pessoa que, carinhosamente, revela toda a sua fraternidade
Para que, aos outros, ela possa genuinamente ser um afetuoso abrigo.

Existe um tangível e magnífico lugar
Que é a essência de qualquer alegria
E que forma a base moral de uma sociedade
Tão edificante ambiente é o que denominamos família.

Uma pessoa cuja essência tem valor
Quando recebe uma dádiva, a retribui com seu coração
E o seu mais afável penhor
É sua eterna e indizível gratidão.

O dia que o homem entender que a terra faz parte do reino do céu
Uma auspiciosa aurora abrilhantará a humana existência
Pois o conhecimento que liberta e o amor que aproxima levantarão seu véu
Para que o homem, finalmente, viva o esplendor de sua essência.

O deleitoso néctar do amor
É uma instigante bebida para a alma
Pois brinda o ser com todo o seu fulgor
E preenche a essência com uma indelével calma.

Somente pode apreciar a beleza de uma poesia
Aquele ser cujo refinamento transpõe a rudeza da existência mediana
Somente pode estimar e vivenciar valores morais no dia-a-dia
Aquele ser cuja consciência entende a valor de uma vida humana.

Nas asas do universo, voam moléculas de unicidade
Nas patas do planeta, encontram-se enraizadas garras de comunhão
No corpo da natureza, flui a harmônica força da amizade
Na mente da criação, encontra-se o pulsar de cada coração.