Proprietários de postos em São Borja falam sobre o preço do combustível

262

Nos últimos seis meses, o preço médio do litro da gasolina subiu 17,62% nos postos de combustíveis do Rio Grande do Sul e encostou nos R$ 4,35 em janeiro.

O reajuste é dez vezes maior do que o da inflação do período, que ficou em 1,74%, segundo o IPCA, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo. Em algumas cidades, não deve demorar para ser rompida a barreira dos cinco reais.

Porém, os proprietários de postos de combustíveis dizem que essa elevação nos preços não é culpa dos empresários do setor. Nos últimos anos eles vem diminuindo a margem de lucros, para não elevarem ainda mais os preços na bomba.

Alguns proprietários de postos de São Borja dizem que muitas vezes o governo apresenta uma diminuição nos preços nas refinarias, mas, as empresas não repassam as elevações aos consumidores. Eles diminuem a margem de lucro, para não precisarem passar o preço ao consumidor.

Além disso, os proprietários de postos em São Borja afirmam que a maior parte do valor é de impostos que são pagos pelos consumidores.