Mais de 400 focos do mosquitos transmissor da dengue já foram identificados esse ano em São Borja

165

Em São Borja, de janeiro a abril, foram registrados 425 focos do Aedes Aegypti, 179 na área central da cidade, que compreende às vilas e bairros de todo o centro-sul e até a periferia urbana. O bairro Pirahy segue em segundo lugar em incidências, com 170 focos.

No bairro José Alvarez foram identificados 40 focos, no bairro do Passo 35 e na vila Umbu com somente uma notificação. Em 2017, o levantamento foi feito somente a partir de julho, por orientação da Coordenadoria Regional de Saúde, sendo registradas 463 incidências.

A atenção é permanente em locais como oficinas, ferros-velhos, borracharias ou mesmo pneus jogados fora sem controle, que podem se transformar em focos do mosquito. Os pneus para descarte, devem ser levados a um depósito à disposição no antigo hospital São Francisco, com acesso pela rua vinte de Setembro.

Desse local saem carregamentos de materiais, semanalmente, para o processo de reciclagem.