Greve dos professores deverá ser ampliada na próxima semana

60

O núcleo do Cpers/Sindicato, que promoveu reunião plenária estadual, depois de decidir por greve geral por tempo indeterminado na terça-feira, espera mais adesões que em paralisações anteriores.

De acordo com a entidade, o sentimento geral é de indignação pelos atrasos cada vez maiores de salário e, reforçando as pressões e protestos, na semana que vem serão ampliadas as mobilizações. Uma das finalidades é vigília na terça-feira, para tentar evitar votação na Assembleia Legislativa de projetos que atingem interesses dos servidores.

São Borja, que mandou delegação de dois ônibus para a capital no início da semana, já prepara nova ida a Porto Alegre, com saída na segunda-feira à noite. O Cpers pretende que a vigília se estenda pelo menos até quinta-feira da próxima semana.

De acordo com o governo, a situação é ruim, porque caíram os níveis de arrecadação do Tesouro gaúcho.