Ex Animo – N° 64

63

Quão imaturo, mormente, é o coração da humanidade
Que no surgimento dalgum inesperado obstáculo
Inocentemente pensam que a divindade lhes há negado sua bondade
E que do equilíbrio natural lhes foi roubado o harmônico sustentáculo
Quando na realidade lhes está sendo brindada uma singular oportunidade
De revelarem suas forças para atingirem, do refinamento, seu pináculo.

(Tadany – 02 01 09)