Conta de energia elétrica fica mais cara até novembro

171

O Ministério de Minas e Energia confirma que até novembro deste ano, pelo menos, será aplicada a bandeira tarifária vermelha categoria um nas contas de luz dos brasileiros.

O motivo alegado é o baixo nível das hidrelétricas no país, no período, levando à utilização de termoelétricas, que têm custo operacional bem mais alto. A expectativa é de que a partir de novembro voltem as chuvas regulares e se recupere o nível das hidrelétricas.

Na prática, nos próximos meses, o consumidor terá acréscimo mínimo de R$ 3,00 a cada cem quilowatts de energia consumidos.