Comercializações de automóveis registra crescimento

74

A venda de automóveis começou em alta neste ano. Na primeira quinzena do ano, 83.672 unidades de carros e comerciais leves foram comercializadas. Em São Borja, essa tendência também está sendo registrada.

O número de vendas diárias foi de 8.367 unidades, contra 7.855 na primeira quinzena de janeiro de 2018 no país. As três fabricantes com mais unidades vendidas se mantêm as mesmas: Chevrolet, Volkswagen e Fiat.

Quem subiu no ranking foi a Toyota, que agora ocupa a quarta posição. A fabricante vendeu 8.616 unidades nos primeiros dez dias do ano e conquistou 10,3% de participação, subindo três posições em relação ao ranking de 2018.

O empresário Pedro Machado, da Pedrinho Automóveis, justifica que essa ampliação nos números está acontecendo, porque as perspectivas econômicas são positivas para os próximos meses.

“Com o cenário positivo, o acesso ao crédito fica facilitado. Assim, as pessoas tem melhores condições para comprarem um veículo novo”, destaca Machado.

Outra tendência é a opção dos consumidores por adquirirem seus carros nas concessionárias multimarcas. Assim, a negociação fica facilitada e o acesso ao crédito também.

“Como o cliente vai ter todas as marcas a sua disposição, ele conversa com apenas um consultor, tornando o processo mais simples”, fala Machado.

O empresário diz ainda que isso economiza tempo do cliente e torna o processo menos cansativo.